como solucionar problemas

como solucionar problemas

“A criatividade é a inteligência se divertindo.” Albert Einstein
Esta frase é a mais pura verdade e vou te contar por que…

Estou lendo um livro chamado: “A História Secreta da Criatividade”.

Nele busquei algo como uma história de como surgiu este termo ou algo do gênero, mas fui surpreendida e encontrei um livro de referência relacionando com casos verídicos a criatividade, o pensamento e o comportamento. <3 Em 1930, Otto Selz foi o primeiro professor à plantar a semente de que o pensamento poderia ser examinado e descrito. Mas em uma época dura na Alemanha, com a ascensão de Hitler e a proibição de sua pesquisa, Otto se questionava se seu pensamento seria passado adiante. E em 1933 seu nome desapareceu da literatura. Mas Karl Duncker conheceu o trabalho de Otto e com uma história bem complexa de um pesquisador judeu ariano com uma vida acadêmica brilhante, mas nunca era aprovado em aplicações à professor de Universidade, desafiou os nazistas ao citar 10 vezes o nome de Otto Selz em sua obra prima publicada On Problem Solving e fugiu para as Américas. Duncker iniciou uma revolução levando as melhores e mais radicais ideias sobre pensamento para os Estados Unidos. On Problem Solving iniciou a jornada na investigação cognitiva com o objetivo de compreender como as pessoas criam e estudar o pensamento produtivo. Esta abordagem era contraditória e simples, apenas pedia para que as pessoas pensassem em voz alta enquanto tentavam solucionar os problemas. " As características essenciais da solução de problemas são independentes do material que é pensado." Após anos de pesquisa com aplicações de problemas com grupos de pessoas, Duncker e seus influenciados evidenciam que nossas mentes funcionam todas do mesmo modo. Sendo irrelevante qualquer tipo de rótulo (homem, mulher, negro, branco, judeu, católico, capitalista, comunista, talentoso ou não talentoso). A-há! Passamos muito tempo acreditando que criar é algo divino, até. Esta parte da história mostra que pensar é como andar e a pesquisa mostra que ser criativo não é uma exclusividade. O exercício de pensar em voz alta demonstra como é simples chegar em uma solução. Portanto, a criatividade não é um salto da mente de pessoas privilegiadas ou iluminadas, você é criativo sim! Todos somos. Mas antes de sair por aí criando é necessário aprender a pensar. Simples assim. Você imaginaria que criatividade é um passo anterior à solução de problemas?! Pois É! 😉 "A mente humana não dá saltos e sim passos em busca de uma solução." Vamos solucionar problemas juntos? Qual é o seu maior desafio atualmente?! Me conta! Quem sabe não podemos pensar em voz alta e chegar em uma solução criativa. Até mais.